domingo, 18 de novembro de 2012

HOMENS DA BIBLIA - SANSÃO



                                                SANSÃO

 

(Juízes 13.1-5 e 13.24-16.31). Provavelmente, o mais interessante e, certamente, o mais conhecido dos Juízes de Israel foi um homem chamado Sansão. Julgou Israel por apenas vinte anos, mas, durante esse período, seus feitos foram tão numerosos e espetaculares que toda criança sabe alguma coisa de Sansão.Antes mesmo que Sansão tivesse nascido, Deus revelou a sua mãe e pai que era eleito para libertar Israel da opressão dos filisteus. A principal frase acerca da vida e da obra de Sansão é "O espírito de Deus veio sobre ele".Ainda enquanto era jovem, o espírito de Deus movia-o de tempo em tempo - (Juízes 13.25). Quando ficou adulto, foi atacado por um leão. Pelo poder de Deus, Sansão literalmente dilacerou o leão apenas com suas mãos - (Juízes 14:5 e 6). Logo depois disso, matou, sozinho, trinta filisteus - (Juízes 14.19). Provavelmente, o evento mais memorável de sua vida foi quando amarraram-no com cordas e entregaram-no aos filisteus. O espírito de Deus veio sobre ele, que quebrou suas algemas, e, pegando a queixada de um jumento, matou mil filisteus armados.Sansão, entretanto, não era um homem de obediência a Deus, era freqüentemente teimoso e mundano. Isso o conduziu a muitos problemas. Fez más companhias e associou-se com mulheres de tipo errado. A mais conhecida dessas mulheres foi Dalila. Sansão a amou, mas a lealdade dela pertencia aos filisteus e ela estava determinada a entregar-lhes Sansão. No princípio, Sansão não lhe disse que seu poder assentava-se no espírito de Deus, através dos sete cachos de seu cabelo. Mas, a associação mundana gasta a resistência do povo de Deus e, finalmente, disse-lhe. Ela cortou seu cabelo e ele foi entregue aos filisteus. Arrancaram-no os olhos e fizeram-no escravo. Deus ainda usou Sansão, pois seu cabelo cresceu de volta e ele demoliu o grande salão de banquete sobre si e milhares de filisteus, servindo a Deus mais na morte do que na vida.